Facebook e Instagram vão informar a respeito de conteúdos antivacina.

Facebook e Instagram vão informar a respeito de conteúdos antivacina.

Redes Sociais usam a tecnologia em prol da sociedade e testam pop-ups para compartilhar informações sobre suicídio, auto agressão e vacinas. Entenda!

 

A empresa planeja policiar a desinformação contra o movimento antivacina, sinalizando-a com pop-ups semelhantes aos que usam para conteúdo relacionado à autoagressão e suicídio.

 

O Instagram lançará novas maneiras para evitar a disseminação de desinformação sobre as vacinas, incluindo um aviso pop-up que aparece quando você pesquisa determinados termos antivacina (Anti-vax).

 

O recurso ainda está em desenvolvimento e a equipe do Instagram não conseguiu informar ainda uma data de lançamento.

 

Atualmente, o Instagram exibe um alerta pop-up quando as pessoas pesquisam hashtags ou termos relacionados a autoflagelação ou suicídio. Esse pop-up mostra uma mensagem com um aviso e um link para obter ajuda.

 

A mecânica será exatamente a mesma: quando um usuário procurar termos relacionados a antivacinas, um pop-up aparecerá. Ainda não está claro o que o pop-up dirá ou para quais links externos ele poderá apontar.

 

O Instagram não pretende banir contas ou apagar postagens que discutem vacinas ou ideias antivacinas. O plano é limitar a disseminação intencional de desinformação, ao mesmo tempo em que destaca informações precisas sobre vacinas.