Tendências de marketing digital para 2019

Tendências de marketing digital para 2019

Glass box brands, humanização de conteúdo, marketing de indicação, transformação digital… Veja o que vem por aí (e já é prioridade para empresas e profissionais exigentes)! Acompanhar as tendências de marketing digital para 2019 é um desafio a ser perseguido

Mesmo sendo hightech, apostamos: você ainda não está antenado à todas as tendências de marketing digital para 2019. Acertamos? Sem querer te subestimar, claro! Mas sabemos que não é nada fácil acompanhar as tecnologias e todas as metamorfoses do universo da comunicação. Por isso juntamos aqui os assuntos mais expressivos do momento que prometem dar o que falar nos próximos meses.

Os caminhos apontam para muitas vertentes, então cabe a você decidir o que vale explorar com mais profundidade depois. Atualmente não se reciclar não é uma opção, já que essa profusão de novas mídias, dispositivos e robôs afeta a estratégia de qualquer empresa, além de mudar também os hábitos de consumo do usuário. Logo, as táticas de persuasão e vendas precisam (e devem!) ser atualizadas.

Conhecimento nunca é demais, principalmente para um comunicador curioso como você. E, cá entre nós, não dá para começar o ano sem saber o que é e/ou conversar sobre os assuntos mais bombados da nossa área.

QUER SPOILER DE QUAIS SERÃO AS TENDÊNCIAS DE MARKETING DIGITAL PARA 2019?

  1. Somos de carne e osso!
  2. O conteúdo é o rei
  3. Marketing de indicação
  4. Glass box brands: sua cultura interna é a sua marca
  5. Expansão de mercado através do e-commerce
  6. Transformação digital
  7. Busca por voz, ok Google!
  8. Links patrocinados com novas opções
  9. Business intelligence aliado ao big data

Bora lá? Simbora!

COMPORTAMENTO HUMANO

Para nós isso nunca foi tendência e, sim, um dos nossos grandes pilares. Não à toa, consideramos bem surreal encontrar esse tópico em tantas listas de tendências de marketing digital para 2019. Humanizar a comunicação é a regra número um, isso sempre vai estar alta, é atemporal. Mas, como sabemos que o mundo anda repleto de pessoas-máquinas e escasso de seres mais humanos, resolvemos incluir o COMPORTAMENTO HUMANO em letras garrafais por aqui, como top one.

Vai com calma no deslumbre com a tecnologia, rapeize! Invista mais tempo em nossa capacidade de sentir e celebre na sua comunicação essa coisa bonita com nome de humanidade. Pense como gente, coração com coração, sabe? Não existe conexão mais efetiva do que essa não!

PRODUÇÃO DE CONTEÚDO DINÂMICO

Que ele é o rei todo mundo sabe. Podem vir os robôs, inventarem uma porção de tecnologias, mas nada vai superar a relevância de um conteúdo bem produzido, (alô jornalistas!), que gere engajamento e resultado. Pense sempre no quanto aquilo será útil para quem está interagindo com o conteúdo e aposte em formatos dinâmicos e criativos.

Seja incansável no planejamento e prefira as ideias mais emocionantes! São elas que vão gerar empatia e, consequente, aproximar o usuário, para que você possa vender a solução oferecida pelo o seu cliente. Crie ganchos, histórias, senso de pertencimento. Não pense em interrupções e, sim, em diálogos. Uma dica para deixar seu conteúdo ainda mais efetivo, é conferir como funcionam as técnicas de copywhitting. Sabe por que? Existem estratégias neurológicas que conversam com o psicológico das pessoas para impactá-las com suas mensagens.

Uma palavras para resumir todo esse blá-blá-blá? Autenticidade, mores.

MARKETING DE INDICAÇÃO

Já deu pra perceber que implementar estratégias disruptivas em novos negócios é A parada, certo? Um formato que já está bombando e ainda vem com tudo esse ano é o marketing de indicação (ou referral marketing), um canal de vendas que você não pode esquecer. Os clientes têm muito mais potencial para vender seu produto ou serviço do que o melhor time de marketing da face da Terra. Isso porque ele pesquisou, te escolheu, contratou e agora quer contar aos amigos como vale a pena optar por sua marca.

Segundo uma pesquisa do Buzzlead, 92% dos consumidores no mundo afirmam confiar totalmente na indicação de um amigo ou familiar, acima de qualquer propaganda. O melhor disso tudo é que custo é baixo e o resultado excelente!

Vai dizer que nunca indicou nada para alguém? Clientes satisfeitos querem compartilhar sua experiência! Indicar é um ato natural do ser humano. E é exatamente por isso que promoções como “indique e ganhe” funcionam muito bem e é a especialidade de gigantes como NETFLIX, AIRBNB, UBER e tantas outras. O papel do time de marketing é estruturar a camṕanha para que a comunicação fique clara, fácil e funcional! Em breve tem matéria nova aqui no blog com cases e tudo o que se tem direito sobre marketing de indicação.

GLASS BOX BRANDS: SUA CULTURA INTERNA É SUA MARCA

Você bem sabe: antes as marcas eram como uma caixa preta, onde podia-se pintar a imagem desejada por fora, escondendo como era dentro. Agora, são caixas totalmente transparentes, quem está do lado de fora consegue (quer/ precisa!) ver as pessoas e o processo interno. E acontece quando isso se torna imprescindível? Ao ter sua cultura exposta para o cliente, ela se torna parte importante de sua marca e você dá ainda mais importância a todos os processos e códigos de condutas.

Isso pode ser uma ferramenta muito poderosa ou sua maior fraqueza. Mas é um caminho sem volta! Então, como gestor ou líder, pense em qual cultura interna você quer criar para sua marca. Hoje, os colaboradores compartilham sobre suas vidas diariamente e isso inclui seu trabalho. Os consumidores querem saber tudo sobre as marcas as quais se relacionam.

As pessoas esperam, sim, que as marcas minimizem os impactos negativos da automação dos postos de trabalho, mantendo sua preocupação com a ética e sustentabilidade. Se preocupam com os valores e, cada vez mais, se importam com posicionamentos mais éticos, sustentáveis e significativos. Acha que isso ainda é coisa para um futuro distante? Atualmente, 70% dos millennials estão dispostos a pagar mais caro por marcas envolvidas com causas que se importam.

A cultura é algo em constante movimento. O que está esperando para repaginar a sua? Pense na sua verdade, no seu propósito e voilá!

EXPANSÃO DE MERCADOS ATRAVÉS DO E-COMMERCE

Bater meta, dobrar o faturamento, crescer! Atire a primeira pedra quem não quer conquistar tudo isso? O e-commerce é uma ferramenta que está aí para geral mergulhar de cabeça e sair nadando. Você já avaliou potencializar suas vendas através de um shopping on-line?

No RD Summit 2018, Gabriela Szprinc – líder da área de PMEs da PayPal no Brasil, focada em ampliar a participação da companhia no e-commerce local – afirmou que tem cliente brasileiro vendendo de tudo lá fora! Brigadeiro para os Estados Unidos, artesanato, perfumaria… Tem mercado e público para todos os ramos. Muitas vezes os consumidores até precisam do seu produto ou serviço, mas ainda não foram impactados por sua marca. Tudo depende de como é a abordagem! As pessoas estão loucas para comprar!

Nossa dica para você que ainda não atua nesse mercado on-line (ou que até vende, mas não oferece uma experiência facilitada ao usuário) é investir em uma consultoria e avaliar todas as chances de apostar nesse mercado, que é o futuro (e também a realidade!) do comércio.

CHATBOTS

Eles são o sonho de consumo de muitos profissionais de marketing. E, quando bem executados, tornam-se, inclusive, o desejo dos clientes também, já que atendem bem e com agilidade. Os chatbots fazem orçamentos sozinhos, vendem produtos, fazem atendimentos, respondem perguntas. Eles têm mudado consideravelmente e estão cada vez mais eficientes.

O crescimento global do mercado de chatbots deverá ser a taxas anuais de 24% até 2025, segundo relatório da Grand View Research.

Já  pensou na possibilidade de implementar um chatbot na sua fun page no Facebook ou até mesmo no seu site? Se precisar de um help liga pra gente!

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Como agência digital, precisamos confessar: estamos empolgadíssimas com o que 2019 (e os próximos anos!) prometem trazem. É que a transformação digital está correndo de vento em popa e vai acelerar ainda ainda mais. Os ecossistemas estão mudando, nós estamos vivendo uma era de mudanças, diferente de tudo o que já vivemos.

É preciso enxergar o mercado além do planejamento de inbound marketing. Estude, pesquise, explore qual o impacto da indústria 4.0 no seu negócio e se prepare para viver essa transformação digital sendo protagonista em sua comunicação e estratégia de venda e relacionamento com stakeholders.

Quem acha que o mundo mudou no últimos anos, prepara-se: os próximos serão ainda mais subversivos. Não podemos mais nos dar o luxo de enxergar essa revolução digital como algo que ainda vai acontecer. Sim! Tudo vai mudar pra caramba. Mas a hora de repaginar os negócios é agora! Nossa vida pessoal está mudando drasticamente em função dessas tecnologias e o setor empresarial vai pela mesma rota. Investir em sistemas, digitalizar a comunicação, os processos e o pensamento são só os primeiros passos em direção ao progresso.

Recado dado, né? Depois não diz que não avisamos!

BUSCA POR VOZ

O uso da tecnologia por voz, como o Google Home ou o Amazon Echo tem crescido assustadoramente e deve chegar a 50% de todas as pesquisas no Google até 2020.

Atualmente, são feitas 3,5 bilhões de pesquisas diárias no Google. E 1/3 delas são realizadas por comando de voz, com destaque para os assistentes pessoais como Alexa e Bixby. Isso significa que, se o seu site não está otimizado para as pesquisas por voz, você está perdendo um enorme fluxo de usuários.

O desafio de profissionais de marketing agora é entender como funciona a busca por voz e não mais digitada. Um ponto a ser estudado, por exemplo, é o fato de crianças que ainda não foram alfabetizadas usarem a busca falada com naturalidade e frequência. OK Google!

LINKS PATROCINADOS COM NOVAS OPÇÕES

2019 chegou e já estão surgindo novas opções de links patrocinados. O WhatsApp já anunciou atualizações e olha que o carnaval nem chegou para o ano começar de fato, hein? Google e Facebook seguem na guerra da audiência e prometem surpreender usuários e publicitários. Apostamos que, em breve e ao decorrer do ano, novas funcionalidades e facilidades entraram em cena.

Você já sabe, mas não custa lembrar: tudo isso exige ainda mais técnica e profissionalismo de quem trabalha na área. Está preparado para meter as caras?

BUSINESS INTELLIGENCE (BI) ALIADO AO BIG DATA

Business intelligence, no marketing digital, é um conjunto de técnicas e ferramentas que ajudam na organização das estratégias e de seus indicadores de sucesso (KPI’s), que servem para monitorar informações e dar suporte a gestão de negócios. Já o big data é a possibilidade de mapear e consultar um volume enorme de dados para extrair informações.

A grande sacada é aliar inteligência de negócios com big data para tomar decisões mais assertivas e potencializar a geração de leads. Além de fazer escolhas mais precisas, combinar essas duas estratégias/ferramentas digitais gera mais economia para as empresas, já que gastam menos grana nas campanhas de marketing e têm mais controle do seu funil de vendas.

#ThrowBack

Se chegou até aqui é porque curtiu o assunto. Então aqui vai uma colher de chá de outras abordagens que bombaram ano passado e que ainda estão com tudo esse ano. Por que você não está fazendo?

  • Produção de vídeos
  • Transmissão ao vivo em redes sociais (LIVES)
  • Otimização
  • Marketing com influenciadores
  • SEO Local
  • Marketing no Linkedin
  • O império dos stories no Instagram
  • Flywheel marketing
  • Segmentação é tudo!
  • Inbound marketing
  • Sites responsivos


Nossa lista nasceu diretamente das anotações nos nossos bloquinhos ao decorrer do ano passado, e do que captamos nos melhores e mais badalados cursos e congressos Brasil afora, além de muitas pesquisas e leituras de sites gringos.

 

Foi útil pra vocês? Compartilhe!